À medida que a Veeam avança e começa a focar em plataformas de virtualização, eu começo a pensar que agora seria a hora de elaborar uma forma de introduzir o Microsoft Hyper-V em meu ambiente de laboratório. Eu queria saber se ele pode ser virtualizado rodando em uma máquina VMware virtual de qualquer tipo. A Veeam tem tido muito sucesso em apresentar suas soluções através do uso de laboratórios portáteis executados, por exemplo, em laptops aninhados na VMware Workstation. Nós frequentemente temos um servidor ESX, vCenter, DC aninhados e aplicativos da Veeam sendo executados em um único laptop, e eu queria saber se o Hyper-V pode ser combinado nessa equação.

Essa postagem vai funcionar como um “guia de como fazer” para fornecer um passo a passo do processo para executar as máquinas virtuais Hyper-V no VMware Workstation 8 ou ESXi 5.

Por muito tempo, me disseram que seria impossível, mas há alguns meses eu ouvi um rumor de que poderia ser possível quando o ESXi 5 fosse lançado. Eu também ouvi falar que o ESXi 5 sendo executado no Intel Nehalem ou Intel Core i7 permitiria que os hipervisores aninhados também abrigassem máquinas virtuais de 64 bits em execução. Por isso, eu quis me certificar de que quando fosse comprar um novo laptop, ele deveria ter essa arquitetura da Intel – ou uma equivalente da AMD – em meu sistema. Eu também consegui construir um laboratório com a mesma arquitetura que planejo usar quando estiver em eventos.

Alguém me enviou um link pelo Twitter com alguns blogs que me ajudaram a dar início à minha jornada:

http://www.vcritical.com/2011/07/vmware-vsphere-can-virtualize-itself/#comment-12442

http://www.virtuallyghetto.com/2011/07/how-to-enable-support-for-nested-64bit.html

No momento em que tive uma chance de experimentá-lo, o ESXi já estava disponível a todos. O que eu encontrei nos blogs listados acima foram ótimos indicadores, mas quando segui as instruções de cada postagem tudo o que recebi foi uma tela preta, assim como outras pessoas já tinham relatado. Não importava qual informação adicional eu inserisse, nada funcionava. Inabalado, eu decidi tentar algo diferente. Instalei o VMware Workstation 8 em vez do ESXi 5 e consegui executar um Hyper-VM aninhado. Nesse momento, eu sabia que o meu hardware seria compatível com o aninhamento em Hyper-V. Os posts dos blogs acima afirmavam que a chave para fazê-lo funcionar é um recurso encontrado na CPU/BIOS chamado de Intel EPT. Agora, eu leio que se você tem o Nehalem/Core i7, deverá ter o Intel EPT; os posts dos blogs sugerem que ele deverá ser ativado pela BIOS. Porém, eu não encontrei essa opção na BIOS do meu sistema.

Enquanto testava o que poderia funcionar, eu decidi usar o Windows 2008 R2 Standard e habilitar o Hyper-V como uma Role (Função) em vez de instalar o produto Hyper-V independente. Eu só fiz isso para facilitar minha vida, mas o produto independente Hyper-V também é uma boa opção.

Aninhando o Hyper-VM com o VMware Workstation 8

Seguem os passos para criar um Microsoft Hyper-V VM em execução no VMware Workstation 8, mas depois eu vou mostrar como fazê-lo também no ESXi 5:

1. Crie uma nova VM (New VM) com hardware de versão 8.

clip_image002

2. Escolha 4 GB RAM e 2 x vCPUs com cerca de 80-100 GB de espaço livre em disco, dependendo de quantas VMs você deseja ter aninhadas no Hyper-V.

3. As instruções fazem você acreditar que deveria escolher a opção VMware ESX como o SO hóspede... PARE! NÃO FAÇA ISSO! Selecione a opção Windows 2008 R2 x64.

clip_image004

4. Ao terminar, certifique-se de adicionar outro NIC à VM usada como rede virtual do Hyper-V.

5. Nas configurações VM > CPU, certifique-se de ter marcado a opção “pass-through” do recurso Intel VT-x/EPT.

clip_image006

6. Certifique-se de ter configurado a VM para reiniciar a partir da mídia de ISO do Windows 2008 R2 x64.

7. Antes de iniciar, você deve editar o arquivo de configuração .vmx e adicionar o parâmetro: hypervisor.cpuid.v0 = “FALSE”

clip_image008

8. Nova inicialização e instalação do Windows 2008 R2 x64.

9. Depois de terminado, abra o Server Manager e clique em “Add Role”.

clip_image010

10. Selecione e instale a opção Hyper-V. Nesse ponto, você saberá se o seu sistema está funcionando corretamente e aceitando o recurso Intel EPT porque, caso contrário, você não poderá prosseguir.

clip_image012

11. Você também terá de selecionar o adaptador de rede usado para a rede virtual.

clip_image014

12. Agora, instale o Hyper-V. Será preciso reiniciar ao terminar a instalação.

13. Após a conclusão, abra a lista suspensa Server Manager do Hyper-V e conecte-se ao servidor local.

clip_image016

14. Agora, crie e instale uma máquina virtual.

clip_image018

Quando terminar, você poderá usá-la normalmente, embora lentamente.

Aninhando o Hyper-VM executando o ESXi 5

Agora, fazer a mesma coisa como ESXi 5 é um pouco mais complicado, apesar de alguns passos serem iguais.

1. Antes de qualquer coisa, você pode colocar uma entrada no arquivo /etc/vmware/config encontrado no modo “tech suporte” do seu ESXi 5. Eu habilitei o SSH usando um perfil de segurança no vSphere Client. Depois, usei o SSH no sistema ESXi.

2. Então, eu executei o comando necessário para permitir hipervisores aninhados:

# echo 'vhv.allow = "TRUE" ' >> /etc/vmware/config

Observe o uso de aspas e aspas duplas na linha de comando.

3. Agora, crie uma máquina virtual usando um hardware de versão 8, 4GB (ou o máximo que você puder), 2 x vCPUs, 2 vNICs ou mais e um disco virtual de 100GB.

4. Antes de iniciar a VM e instalar o Hyper-V, é preciso adicionar duas linhas ao arquivo de configuração .vmx das máquinas virtuais.

Você pode tentar isso através do vSphere Client nas configurações da máquina virtual > Configuration Parameters, apesar de eu ter conseguido fazê-lo na linha de comando.

clip_image020

clip_image022

Para adicioná-las usando uma linha de comando, volte ao SSH > e altere-o para o diretório onde a sua VM Hyper-V está instalada.

# echo 'vhv.allow = "TRUE" ' >> /etc/vmware/config

Em meu exemplo, o arquivo de configuração é chamada Hyper-V.vmx. Digite os seguintes comandos:

# echo 'monitor.virtual_exec = "hardware" ' >> Hyper-V.vmx
# echo 'hypervisor.cpuid.v0 = "FALSE" ' >> Hyper-V.vmx

5. Agora, de volta às configurações da VM > Options > CPU/MMU Virtualization, certifique-se de ter ativado a opção de passagem do recurso Intel EPT.

clip_image024

6. Agora, na guia Options, na caixa > CPUID Mask, clique em Advanced

clip_image026

7. Adicione o seguinte nível de máscara de CPU ao ECX: ---- ---- ---- ---- ---- ---- --H- ----

clip_image028

8. Agora, instale o Hyper-V ou Windows 2008 R2 e ative a função Hyper-V.

9. Está tudo pronto!

Pegadinhas/Dicas

Aqui temos algumas dicas de Ricky para evitar qualquer ponto de parada durante o caminho:

  • Durante a instalação do Microsoft Hyper-V em meu sistema, meu SO precisa reiniciar. Quando você faz isso após o Hyper-V ter sido instalado, a tela fica azul... NÃO ENTRE EM PÂNICO, pois a tela não fica azul enquanto você está usando o Hyper-V.
  • Eu não consegui descobrir se os SOs do meu servidor e laptop usam o Intel EPT. Era um caso de saber se o VMware passou o Intel EPT sem reclamar, e se o Hyper-V o tinha avistado. O revelador para mim foi quando eu tentei primeiro o VMware Workstation e ele funcionou sem problemas. Eu já li um milhão de coisas sobre esse assunto, mas meu instinto me diz que procurar por um Nehalem ou Core i7 e uma placa-mãe com suporte ao Intel VT, é a aposta mais segura. Eu li que você precisa do Intel VT –x2, o qual eu não tenho (pelo menos acho que não), então, isso foi enganoso... se eu conseguir reduzir o campo da informação, vou atualizar o post.
  • Lembre-se que aninhar um hipervisor significa que ele será executado de forma muito, muito lenta… porém, instalar o hipervisor aninhado em um centro de armazenamento (um disco SDD) ajuda muito.
  • Os 2 blogs listados acima apresentam 2 métodos para criar a VM usando hardware de versão 4/7 ou hardware de versão 8. Eu primeiramente usei um hardware de versão 8 e não tive sucesso. Tudo o que consegui foi uma tela preta. Depois, tentei uma combinação de ajustes em ambos os métodos, e foi isso o que funcionou para mim.
  • O grupo de portas onde a máquina com o Hyper-V aninhado reside deverá ser configurado para Promiscuous Mode: Accept
  • Em um dos blogs havia uma nota sugerindo que as entradas inseridas manualmente nos arquivos de configuração (e não pela GUI) eram mais estáveis. Eu concordo, e é por isso que alterei os arquivos de configuração em uma única sessão.


Você tem alguma dica sobre como instalar máquinas virtuais Hyper-V no ESXi 5 ou VMware Workstation 8? Compartilhe-as conosco abaixo!

GD Star Rating
loading...
Aninhando o Hyper-V com o VMware Workstation 8 e ESXi 5, 5.0 de 5 baseado em 1 avaliação

Veeam Availability Suite — Faça o download da versão de avaliação gratuita de 30 dias

FAÇA O DOWNLOAD AGORA