Eu adoro o lançamento de um novo servidor Windows! As inovações que ele traz, as oportunidades de crescimento e mudança, a nova versão do Hyper-V, as novas opções de armazenamento, Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh. É tão estimulante.

Com a introdução do Windows Server 2012, a Microsoft renovou o modelo de licenciamento e as ofertas de SKU (que surpresa). Com essas mudanças, de forma intencional ou não, a empresa abriu o caminho para introduzir o Windows Server 2012 Datacenter Edition nas redes das pequenas empresas. Review the Windows Server 2012 Licensing Datasheet here.  Há 3 coisas que eu notei imediatamente.

1.  TO licenciamento do servidor Standard Edition agora é baseado em Processador + CAL. (o mesmo do Datacenter Edition)

2.  TOs direitos de virtualização para a Standard Edition são limitados a 2 instâncias virtuais por licença Standard. (A Datacenter Edition oferece instâncias virtuais ilimitadas por licença.)

3.  A licença da Standard Edition está listada a U$ 882 e a licença da Datacenter Edition a U$ 4.809.

Nesse momento, eu peguei minha calculadora e comecei a fazer as contas. Descobri que estou limitado somente ao custo do licenciamento e, na sua rede, você terá que medir os custos adicionais de processadores de CALS. Assim, fica claro que as seguintes afirmações são verdadeiras.

Para cada 2 instâncias do Windows Server que eu quiser executar, vou precisar de uma única licença da Standard Edition, ao preço de U$ 882.

Se eu tiver 10 instâncias do Window Server funcionando em MVs, vou precisar de

5 licenças Standard x U$ 882 = U$ 4410

Na minha opinião, 10 máquinas virtuais é um número suficiente para pequenas empresas. Quando quisermos adicionar a MV número 11 a essa rede, precisaremos de mais uma licença do servidor Standard, a U$ 882, o que coloca o nosso custo de licenciamento em U$ 5.292. Nesse ponto, nos perguntamos se não seria sido melhor comprar a licença da Datacenter Edition desde o começo. Se considerarmos exclusivamente o custo das licenças, a resposta é um SIM retumbante!

Entretanto, há algumas armadilhas escondidas aí. Por exemplo, a máquina do servidor que irá executar 12 ou mais máquinas virtuais provavelmente é bem diferente do hardware necessário para executar 2 instâncias. Ela provavelmente custa muito mais e isso é algo a ser considerado.

Se você pensar com calma, faz sentido começar a considerar princípios de nuvem pública/privada no design da rede, não só das grandes, mas também das redes pequenas. Reduzir os custos de aquisição de hardware e software usando serviços hospedados de hardware e software parece fazer sentido. De fato, as redes pequenas podem até obter um benefício maior com o design de nuvem pública/privada do que as grandes empresas. O Windows Server 2012 se encaixa perfeitamente no espaço da nuvem privada e preenche as necessidades de opções de servidor local e armazenamento, chamadas de grupos de recursos, e também oferece suporte para dimensionamento das máquinas virtuais necessárias para atender ao lado privado dos negócios. A Datacenter Edition oferece mais benefícios em termos de opções de dimensionamento, com custo limitado de licenciamento.

A sobrecarga associada à TI em uma empresa pequena representa uma porcentagem muito maior do orçamento operacional do que em uma companhia maior. A economia conta muito! Minimizar os custos de licenciamento é importante e pode até convencer empresas ainda menores de que, a longo prazo, pode ser mais barato comprar a Datacenter Edition do Windows Server 2012.

 

GD Star Rating
loading...
Microsoft Windows Server 2012 Datacenter Edition e as pequenas empresas, 4.0 de 5 baseado em 1 avaliação

Veeam Availability Suite — Faça o download da versão de avaliação gratuita de 30 dias

FAÇA O DOWNLOAD AGORA