1-800-691-1991 | 8am - 8pm ET
PT

Lacuna de Disponibilidade inibe a transformação digital e custa US$ 21,8 milhões por ano às empresas, mostra pesquisa

  • 82% das empresas estão enfrentando uma lacuna entre a demanda do usuário e o que a TI pode entregar, ou uma ‘Lacuna de Disponibilidade’
  • Paradas no sistema não planejadas custam às empresas uma média de US$ 21,8 milhões por ano, um aumento de 36% ano a ano
  • 66% das empresas admitem que iniciativas da transformação digital estão sendo atrasadas por paradas não planejadas

 

Baar, Suíça: 25 de abril de 2017: Atualmente, 96% das organizações têm iniciativas de transformação digital em suas estratégias e mais da metade dessas iniciativas estão em processo agora[i]. Obviamente, há um grande apetite das empresas em usar a inovação como vantagem competitiva, e isso coloca uma grande pressão nos negócios para entregar acesso a serviços de TI, dados e aplicações a qualquer hora, em qualquer lugar. Entretanto, de acordo com os últimos dados da indústria divulgados hoje pela Veeam® Software, provedora inovadora de soluções que entregam Disponibilidade para a Empresa Always-On™, há uma grande desconexão entre as expectativas dos usuários e o que a TI pode entregar, o que está impedindo a inovação. De fato, 82% das empresas admitem sofrer uma ‘Lacuna de Disponibilidade’ - a lacuna entre a demanda dos usuários por acesso ininterrupto a serviços de TI e o que os negócios e a TI realmente podem entregar. Essa lacuna pode trazer custos de US$ 21,8 milhões por ano, e quase dois terços dos respondentes admitem que isso está atrasando a inovação.

Em seu sexto ano, o Relatório de Disponibilidade Veeam 2017 entrevistou mais de 1 mil líderes sênior de TI de 24 países, e mostra que 69% das empresas sentem que a disponibilidade (acesso contínuo a serviços de TI) é um requisito para a transformação digital. Entretanto, 66% desses líderes de TI sentem que essas iniciativas estão sendo impedidas por paradas não planejadas nos sistemas, causadas por ciberataques, falhas de infraestrutura, falhas na rede e desastres naturais (com paradas nos servidores durando uma média de 85 minutos por incidente). Enquanto muitas organizações ainda estão planejando ou apenas começando suas jornadas transformativas, mais de dois terços concordam que essas iniciativas são críticas ou muito importantes para a diretoria e para as linhas de negócios.

O custo de uma parada: mais do que receita perdida

O Relatório de Disponibilidade Veeam 2017 revela também o verdadeiro impacto das paradas nos negócios. Enquanto os custos das paradas variam, os dados mostram que o custo médio anual das paradas para cada organização nesse estudo[ii] equivale a US$ 21,8 milhões, acima dos US$ 16 milhões do relatório do ano passado.

 As paradas nos sistemas e a perda de dados também levam as empresas a enfrentar consequências que não podem ser medidas em uma planilha. O estudo deste ano mostra que quase metade das empresas observam uma perda da confiança do cliente, e 40% vivenciam danos à integridade da marca, que afetam tanto a reputação da marca como a retenção de clientes. Olhando para implicações internas, um terço dos respondentes veem a diminuição da confiança do funcionário e 28% tiveram um desvio de recursos de projetos para ‘limpar a bagunça’.

O futuro multinuvem

Não é surpresa que a nuvem e seus vários modelos de consumo estão mudando a maneira com que os negócios abordam a proteção de dados. O relatório mostra que cada vez mais empresas estão considerando a nuvem como um local de partida viável para sua agenda digital, com o investimento em software como um serviço esperado para crescer em mais de 50% nos próximos 12 meses. De fato, quase metade dos líderes de TI (43%) entrevistados acreditam que  os fornecedores de nuvem podem entregar melhores níveis de serviço para dados de missão crítica do que seus processos internos de TI. Investimentos em Backup como um Serviço (BaaS) e Recuperação de Desastres como um Serviço (DRaaS) devem crescer similarmente conforme as organizações combinarem-os com a nuvem.

Lacuna de proteção cria um desafio

Além disso, 77% das empresas estão vivendo o que a Veeam identificou como ‘Lacuna de Proteção’ (a tolerância de uma organização para dados perdidos ser excedida pela incapacidade da TI de proteger esses dados com uma frequência suficiente). Suas expectativas de tempo de atividade não estão sendo atingidas devido a políticas e mecanismos de proteção insuficientes. Embora as empresas afirmem que podem tolerar 72 minutos por ano em dados perdidos dentro de aplicações de ‘prioridade alta’, a pesquisa mostra que os respondentes vivenciam 127 minutos de dados perdidos, uma discrepância de quase uma hora. Isso coloca um grande risco para as empresas e impacta o sucesso dos negócios.

Citações de apoio

“Hoje, o imediatismo é rei e o consumidor tem tolerância zero para paradas, seja em uma aplicação de negócios ou em sua vida pessoal. As empresas estão focadas em entregar a melhor experiência de usuário e, independentemente de elas perceberem ou não, no coração disso está a disponibilidade. Qualquer coisa menos do que acesso 24.7.365 a dados e aplicações é inaceitável. Entretanto, nosso relatório afirma que tal acesso ubíquo é apenas um sonho para muitas empresas, sugerindo que novas perguntas devem ser feitas sobre planos de transformação e uma conversa diferente deve ser iniciada sobre a infraestrutura existente. As empresas estão enfrentando uma grande crise de competidores que são capazes de oferecer esse tempo de atividade e combiná-lo com a experiêcia do usuário.”

- Peter McKay, Presidente e Diretor de Operações da Veeam Software

 

“Os resultados dessa pesquisa mostram que a maioria das empresas, mesmo empresas grandes e internacionais, continua a lutar com as capacidades fundamentais de backup e recuperação, que, além de afetar a produtividade e a rentabilidade, também estão impedindo iniciativas estratégicas da transformação digital. Ao considerar as lacunas de disponibilidade e proteção que prevalecem hoje, a TI está falhando em atender às necessidades de suas unidades de negócio, o que deve preocupar gravemente os líderes de TI e aqueles que respondem ao conselho da empresa.”

- Jason Buffington, Analista Principal para proteção de dados na Enterprise Strategy Group

 

Sobre o relatório

A Veeam encomendou à Enterprise Strategy Group (ESG), companhia líder em pesquisa, análise e estratégia de TI, o desenvolvimento e execução da pesquisa para este relatório. A ESG conduziu uma pesquisa compreensiva online com 1.060 tomadores de decisão de TI de organizações dos setores privado e público com um mínimo de 1 mil funcionários, em 24 países diferentes, no final de 2016. Os países pesquisados incluem Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Hong Kong, Índia, Israel, Itália, Japão, México, Holanda, Rússia, Arábia Saudita, Cingapura, Suécia, Tailândia, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, e Estados Unidos. Para uma cópia completa do Relatório de Disponibilidade Veeam 2017, clique aqui https://go.veeam.com/2017-availability-report-br.

Recursos adicionais

 

 

Sobre a Veeam Software

A Veeam®  reconhece os novos desafios que empresas de todos os tamanhos pelo mundo enfrentam ao permitir o Always-On Business™, um negócio que precisa operar 24 horas por dia, sete dias por semana, e 365 dias por ano. Para resolver isso, a Veeam tem sido pioneira em um novo mercado de Disponibilidade para a Empresa Always-On™, que ajuda as organizações a alcançarem objetivos de tempo e ponto de recuperação (RTPO™) de menos de 15 minutos para todos os dados e aplicações. Isso é atingido por meio de um novo tipo de solução  que oferece recuperação em alta velocidade, prevenção contra perda de dados, recuperabilidade verificada, aproveitamento de dados e visibilidade completa. O Veeam Availability Suite™, que inclui a solução Veeam Backup & Replication™, impulsiona as tecnologias de virtualização, armazenamento e nuvem, que permitem ao data center moderno ajudar organizações a economizar tempo, mitigar riscos, e reduzir drasticamente os custos operacionais e de capital, enquanto suporta os objetivos de negócios presentes e futuros dos clientes da Veeam.

Fundada em 2006, a Veeam tem atualmente 47.000 parceiros e mais de 242.000 clientes no mundo. A sede mundial da Veeam está localizada em Baar, na Suíça, e a empresa tem escritórios em todo o mundo. Para saber mais, visite https://www.veeam.com/br.

 

 

[i] Fonte: Relatório de Pesquisa ESG, 2017 IT Spending Intentions Survey, Março de 2017

[ii] O tamanho médio da empresa entrevistada tinha 7.500 funcionários