Hoje a Veeam apresentou um seminário via web intitulado “Executando o Exchange no VMware”. Obviamente, o foco foi o backup e a recuperação do Exchange após a sua virtualização. Quando eu estava me preparando para o seminário (com uma grande ajuda de Anton), achei que essas informações também serviriam para fazer uma boa publicação no blog. Abaixo estão os pontos principais de backup and recovery for Microsoft Exchange e como o Veeam Backup & Replication v5 cuida dessas questões.

Sob a perspectiva da Microsoft, há 3 core rules to backup and recovery of Exchange servers:

Para manterem a conformidade com o Exchange Server, os aplicativos de backup baseados em VSS precisam seguir três requisitos básicos para garantir a integridade e recuperabilidade dos backups em cópias de sombra. Se esses requisitos não forem seguidos, a Microsoft... não poderá solucionar problemas de backup e restauração.

Regra nº 1: O backup do Exchange deve ser feito exclusivamente pelo Exchange VSS Writer.

Regra nº 2: Não se deve contar com o backup até que o aplicativo de backup tenha completado a verificação de integridade.

Regra nº 3: Restaurações para o local original devem ser feitas exclusivamente com o Exchange VSS Writer.

Regra nº 1: VSS Aware Backup

A Veeam implementa uma integração proprietária do Microsoft VSS, em vez de utilizar os componentes de integração de VSS do VMware Tools.

  • Completamente automatizada e transparente (sem agentes para implementar/configurar/atualizar/monitorar)
  • Suporte direto pela Veeam e não pela VMware (sem jogo de responsabilidades)
  • Sem limitações do VMware Tools VSS: suporta o processamento de registros de transações, todas as versões do ESX(i) e do Windows, discos dinâmicos, discos IDE, MV sem UUID, etc.

Mais informações:

Regra nº 2: Verificar antes de confiar

Verificação de recuperação do SureBackup

  • Grande flexibilidade (suporta scripts personalizados)
  • Escolha o método de verificação que seja suficiente para você: execute remotamente o eseutil ou isinteg na MV de testes (sem impacto na produção), faça o logon para testar a caixa de correio via HTTPS e consultar as mensagens de teste de e-mail

Lembre-se da dependência do CD!

  • O Exchange precisa ver o CD para a inicialização correta no ambiente isolado. Os Grupos de Aplicativos do SureBackup cuidam disso para você

Regra nº 3: Restauração VSS Aware

Restaurações para o local original devem ser feitas exclusivamente com o Exchange VSS Writer, e na sequência correta:

  • Inicializar a MV do Exchange com os armazenamentos de caixa de correio desmontados
  • Instruir o Exchange VSS Writer para fazer a restauração a partir de um snapshot VSS
  • Montar os armazenamentos de caixas de correio

A Veeam implementa esses requisitos da Microsoft

  • A maioria dos fornecedores de backup em nível de imagem não oferece isso. Eles apenas inicializam a MV normalmente, como se o Exchange não estivesse presente
  • Faça uma restauração de teste para verificar a sua solução atual e procure por esses eventos no servidor restaurado do Exchange. Se eles não existirem, o seu fornecedor não está seguindo a Regra nº 3:
Tipo de evento: Informação

Origem do evento: MSExchangeIS

Categoria do evento: Exchange VSS Writer

ID do evento: 9620

Usuário: N/A

Computador: ServerName.contoso.com

Geral: Exchange VSS Writer (instance GUID) has processed pre-restore events successfully.

Tipo de evento: Informação

Origem do evento: MSExchangeIS

Categoria do evento: Exchange VSS Writer

ID do evento: 9618

Usuário: N/A

Computador: ServerName.contoso.com

Geral: Exchange VSS Writer (instance GUID) has processed post-restore events successfully.

Registros de transação

Se os registros de transação não forem removidos após o backup, os arquivos de log se acumularão até preencherem todo o espaço disponível no disco. O Exchange VSS Writer implementa recursos para remover os registros de transação, mas o VMware Tools VSS NÃO é um aplicativo de backup e não tem como saber se o backup foi completado com sucesso. Por isso, ele não pode processar registros de transação.

  • Qualquer aplicativo que usa o VMware Tools VSS, em vez de fornecer uma integração VSS proprietária, não irá remover os registros.
  • Algumas soluções fornecem esse recurso, mas executam a remoção dos registros logo depois que o snapshot é feito.

Essa abordagem é pior do que não remover os registros: se o backup não for completado com sucesso, você não terá um backup bom e seus logs de transação serão perdidos. Em caso de desastre, você não poderá fazer a recuperação.

Para verificar a sua solução em nível de imagem atual, faça um backup de teste (em um servidor de testes do Exchange, não no servidor de produção)

  • Faça o backup, aguarde até que a tarefa seja concluída com sucesso e certifique-se de que os registros de transação são removidos.
  • Execute outro backup, mas reinicie o servidor de backup enquanto a tarefa estiver sendo executada (depois que a cópia do disco virtual começar). Os registros de transação NÃO devem ser removidos.

Por padrão, a Veeam remove os registros de backups bem sucedidos e a versão v5 oferece opções avançadas de tratamento de registros de transação, conforme a imagem abaixo:

image

Desafios da recuperação granular

Historicamente, a recuperação granular a partir de um backup em nível de imagem era difícil, sendo necessário restaurar servidores inteiros do Active Directory e do Exchange em um ambiente isolado antes de poder restaurar quaisquer itens. O processo consome muitos recursos e é demorado. Há algumas ferramentas de terceiros que montam os armazenamentos de dados do Exchange, mas isso ainda exige que o armazenamento seja extraído primeiro, consumindo tempo e espaço em disco. Além disso, há um custo adicional de licenciamento associado (geralmente, por caixa de correio).

Soluções baseadas em agentes capazes de fazer o backup dos dados do Exchange já existem há anos, mas essa não é a maneira mais eficiente de fazer o backup do Exchange em um ambiente virtual. Além disso, se você combinar os backups baseados em agentes com aqueles baseados em imagens, estará gravando os mesmos dados duas vezes, consumindo mais recursos e mídias de armazenamento.

Recuperação granular com vPower

A abordagem da Veeam, com patente pendente, utiliza completamente a infraestrutura virtual existente. Os recursos de grupos de aplicativos e de laboratório virtual da Veeam criam automaticamente um ambiente isolado; com o vPower, basta executar os servidores do AD e do Exchange diretamente dos arquivos de backup, sem extração.

O assistente do Exchange AIR (Application Item Recovery) da Veeam usa as APIs do Microsoft Exchange e conecta-se ao ambiente de proteção e ao ambiente isolado, oferecendo recuperação do Exchange em nível de itens em questão de minutos, e não horas!

Mais informações

GD Star Rating
loading...
Microsoft Exchange Backup & Recovery, 5.0 de 5 baseado em 1 avaliação

Veeam Availability Suite — Faça o download da versão de avaliação gratuita de 30 dias

FAÇA O DOWNLOAD AGORA