SEDI, Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação do Estado de Goiás
Agora contamos com uma solução de backup robusta, segura, confiável, que é responsável em proteger mais de 1,2 petabytes de dados. A solução nos propiciou inclusive ter outra cópia dos dados em um segundo site — isso nos ajuda a garantir segurança e proteção aos dados e agregar mais valor aos nossos clientes e cidadãos do Estado de Goiás.
Breyner Jackson Rezende Monteiro
Gerente do Data Center Corporativo do Estado de Goiás, mantido e operacionalizado pela SEDI

O desafio do negócio

Para apoiar a entrega de centenas de serviços governamentais e mais de 100 serviços digitais através de um portal unico denominado EXPRESSO (https://www.go.gov.br) , a SEDI opera uma grande plataforma de infraestrutura como serviço (IaaS) com transformação digital acelerada no estado de Goiás.

“Canais digitais estão se tornando cada vez mais importantes para os serviços públicos no estado de Goiás. A estratégia de TI é cada vez mais de convergência dos serviços digitais para o cidadão criando um ambiente simples e mais ágil para soluções dos problemas”, disse Rodrigo Michel Moraes, Subsecretário para gestão de TI da SEDI. “No total, a nossa IaaS é compatível com serviços digitais para mais de 40 organizações governamentais e agências de administração pública, inclusive tratamento de saúde, polícia, departamentos fiscais e outros.”

À medida que o Estado acelerou a sua transformação digital, o número de sistemas hospedados na plataforma da SEDI aumentou em mais de 65% em apenas quatro anos, movendo a proteção de dados para o topo da prioridade do Estado.

“Gerenciamos um volume realmente massivo de dados em nome do Estado, com 2.500 máquinas virtuais (VMs) que somam mais de 1,2 petabytes no total”, disse Breyner Jackson Rezende Monteiro, Gerente do Data Center Corporativo do Estado de Goiás. “As instituições públicas do governo do Estado de Goiás utilizam a nossa plataforma de IaaS para conduzir serviços aos cidadãos, então proteger esses dados é crucial.”

No passado, a SEDI usava um conjunto de diferentes ferramentas para fazer backup e recuperação de dados, assim como criar backups para longo tempo de retenção. Além do custo e complexidade aumentados que vêm com o backup de milhares de VMs, o sistema anterior dificultou garantir que a organização estava atendendo aos seus acordos de nível de serviço (SLAs) com Goiás.

“Ocasionalmente, recebemos solicitações para restaurar arquivos deletados acidentalmente, e costumava exigir um trabalho manual demorado para restaurar todo o VM para um estado anterior, encontrar e recuperar o arquivo e depois copiá-lo de volta ao sistema de produção”, disse Monteiro. “Uma das nossas preocupações era que alguém, intencionalmente ou não, apagasse tanto os dados de produção como os de backup. Pretendíamos uma solução de backup que aumentasse a segurança do sistema de informação.”

Para reduzir a exposição às ameaças cibernéticas, a SEDI procurou uma nova abordagem à proteção de dados. As principais metas eram dinamizar a gestão de backups, acelerar os processos de backup e restauração e proteger os backups de poderem ser apagados ou alterados.

A solução Veeam

Depois de revisar as soluções de vários fornecedores líderes em proteção de dados, a SEDI escolheu o Veeam Availability Suite. A solução combina as capacidades de monitoramento do Veeam ONE™ com os poderosos recursos de proteção de dados da Veeam Backup & Replication™, empoderando a organização para salvaguardar os seus dados governamentais eletrônicos.

“Além de ser certificada para fazer negócios com instituições governamentais brasileiras, a Veeam tem uma excelente reputação nas áreas de backup empresarial e recuperação de dados”, disse Moraes. “Veeam nos ofereceu as capacidades centrais que estávamos procurando, incluindo a capacidade de proibir a exclusão ou alteração de dados de backup, o que aumenta a segurança do sistema informático.”

Trabalhando com o Veeam, a SEDI configurou a nova solução para ser compatível com seus processos de backup e restauração de ponta a ponta. Com o Veeam ONE, a SEDI agora tem um único painel de monitoramento de backup que pode orquestrar e monitorar milhares de trabalhos de backup. Esta nova abordagem elimina a necessidade da demorada troca entre diferentes ferramentas e facilita garantir que a organização atenda aos SLAs.

“O Veeam ONE nos oferece ricas percepções que nunca tínhamos acessado antes, inclusive monitoramento de infraestrutura e relatórios operacionais para nos ajudar a visualizar o uso da nossa infraestrutura e planejar as nossas futuras necessidades de capacidade”, disse Monteiro.

Ao seguir a regra de backup 3-2-1-1-0, a SEDI ajuda a garantir a disponibilidade máxima para serviços governamentais eletrônicos. Com o Veeam, a organização reduziu o tempo e o trabalho manual necessários para manter três cópias separadas de dados armazenados em duas mídias diferentes, com pelo menos uma cópia mantida externamente e uma cópia off-line, tudo isso sem erros.

“No passado, sempre havia um risco de jobs de backups críticos que não finalizavam durante a noite e continuavam durante o dia seguinte, o que causava transtornos com comprometimento de performance de aplicações e interrupção de serviços aos usuários finais”, disse Monteiro. “Graças ao Veeam, podemos completar todos os backups bem dentro do tempo planejado, liberando assim mais tempo para manutenção e melhorias. Este é um resultado extremamente impressionante, especialmente considerando que estamos executando isso sem a necessidade de aquisição de soluções com hardwares especializados para backup.”

Os resultados

  • Até 75% de aceleração em backups noturnos, evitando a interrupção dos serviços governamentais eletrônicos
    A SEDI diminuiu a duração média dos backups noturnos de mais de 12 horas para algo em torno de 3 a 4 horas, o que ajuda a garantir que os serviços digitais estejam prontos para os funcionários governamentais assim que começam a trabalhar na manhã seguinte.
  • Backups imutáveis aumentam a segurança do sistema de informação
    “Quando criamos um backup com o Veeam e o mesmo é replicado para o segundo site, ninguém pode fazer mudanças nem apagar os dados, nem mesmo a equipe de administração do sistema”, disse Monteiro. “Mesmo se um hacker comprometesse os nossos sistemas de produção, os backups permaneceriam acessíveis, o que nos ajudaria a fazer a recuperação dos dados rapidamente .”
  • Recuperação de dados acelerada em 95%, melhorando os serviços para os usuários finais:
    Usando o Veeam Backup & Replication, a SEDI elimina a necessidade de restaurar cópias de VM inteiras para recuperar alguns arquivos excluídos, mensagens de e-mail, contas de usuário por engano, possibilitando que a equipe de TI recupere apenas os objetos necessários para os usuários em poucos segundos.

Empresa:


No estado de Goiás, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação do Estado de Goiás (SEDI) é responsável por orquestrar e executar políticas envolvendo ciência, tecnologia, conectividade e inovação. Através da sua ampla plataforma de TI, a SEDI ajuda Goiás a oferecer serviços governamentais eletrônicos para mais de sete milhões de moradores.

Desafio:


A SEDI oferece uma infraestrutura de TI para mais de 40 organizações públicas em Goiás. À medida que a transformação digital do Estado ganha ritmo acelerado, o seu ambiente cresce rapidamente, com mais de 1,2 petabytes de dados — e continua crescendo. Para oferecer a disponibilidade máxima aos seus serviços governamentais eletrônicos, a SEDI planejou eliminar o risco de backups noturnos se misturarem com as horas úteis e ao mesmo tempo aumentar a segurança do sistema de informação.

Resultados:

  • Até 75% de aceleração nos backups noturnos, evitando a interrupção dos serviços governamentais eletrônicos.
  • Backups imutáveis aumentam a segurança do sistema de informação
  • Recuperação de dados acelerada em 95%, oferecendo um serviço mais responsivo aos usuários finais.