Hotline de vendas: 1-800-691-1991 8am - 8pm ET
Português (BR)

O que há de novo no Veeam Backup & Replication 9.5?

O Veeam® Backup & Replication™ 9.5, parte do Veeam Availability Suite™, fornece Hiperdisponibilidade para TODAS as suas cargas de trabalho virtuais, físicas e baseadas na nuvem — a partir de um console único de gerenciamento. A solução oferece o Gerenciamento Inteligente de Dados e atende às demandas de backup da Empresa Hiperdisponível para reduzir a complexidade e superar o desempenho do backup legado. Segue uma lista dos principais novos recursos e funcionalidades adicionados na versão 9.5 e em seus Updates subsequentes.

Veeam Backup & Replication 9.5 Update 3a: O que há de novo?

Após pesquisa e desenvolvimento, em resposta ao feedback dos clientes, o Veeam Backup & Replication 9.5 Update 3a conta com várias melhorias e correções de bugs. A lista em seguida descreve as atualizações mais significativas.
Plataformas suportadas
  • Suporte para VMware vSphere 6.7. Inclui a nova versão HTML5 do plugin do vSphere Web Client para Veeam Backup & Replication e suporte assíncrono NBD/NBDSSL para melhor desempenho de leitura do modo de transporte de rede com ESXi 6.7.
  • Suporte preliminar ao VMware vSphere 6.5 U2. Esta atualização resolve todos os problemas de compatibilidade específicos ao U2 que pode ser gerenciados por parte da Veeam. No entanto, há uma regressão importante no código do ESXi 6.5 U2 que faz a API do vSphere falhar aleatoriamente durante períodos de altos carregamentos de CPU do host, o que por consequência afeta várias funcionalidades do Veeam Backup & Replication. A VMware está atualmente no processo de solução desse bug, e a correção provavelmente exigirá o lançamento de uma nova versão do ESXi 6.5 U2.
  • VMware vCloud Director 9.1. O Update 3a fornece compatibilidade para a funcionalidade existente do suporte ao vCloud Director.
  • Suporte para a versão 1.3 do VMware Cloud na AWS e compatibilidade Plug-in Play com futuras atualizações do VMC por meio da remoção do requisito de possuir a mesma versão da API.
  • Microsoft Windows Server 1803. O Update 3a fornece suporte ao Windows Server 1803 como máquinas virtuais guest, para a instalação de componentes remotos do Veeam Backup & Replication, assim como um controlador de domínio para o Veeam Explorer™ para Microsoft Active Directory.
  • Microsoft Windows Server Hyper-V 1803. O Update 3a oferece suporte ao Hyper-V 1803 como host de hipervisor, incluindo suporte para VMs rodandocom a versão 8.3 do hardware virtual.
  • Suporte para Microsoft System Center Virtual Machine Manager 1801
  • Microsoft Windows 10 April 2018 Update. Inclui suporte como máquinas virtuais guest e para instalação do Veeam Backup & Replication e todos os seus componentes.
VMware vSphere
  • Inclui melhoria do desempenho dos modos de transporte Direct Storage Access (DirectSAN) e Virtual Appliance (Hot Add) para configurações de infraestrutura de backup por meio da otimização da interação da memória do sistema.
Microsoft Azure
  • Foi adicionado o suporte para Direct Restore para Microsoft Azure para ambientes com ExpressRoute ou conexão VPN site a site para Azure, em casos que appliances auxiliares e proxy podem ter somente endereços IP privados. Para habilitar, crie o valor de registro AzurePreferPrivateIpAddressesForProxyandLinuxAppliance (DWORD = 1) na chave HKLM\SOFTWARE\Veeam\Veeam Backup and Replication no servidor de backup.
Recuperação no nível do arquivo Linux
  • Foi adicionado suporte para Linux SUID e preservação de SGID para a operação "Copy To”.
  • Foi adicionado suporte para volumes Btrfs localizados num volume LVM.
Integrações com Storage Primário
  • Não é mais necessário instalar plug-ins de API universal de storage em cada console de backup (além do servidor de backup).
  • Jobs de backup do vCloud Director somente de storage snapshot agora são suportados para todas as integrações com storage que suportam jobs somente de storage snapshot. Anteriormente, apenas NetApp era suportado.
  • A integração com Cisco HyperFlex não excluirá mais o base sentinel snapshot durante cada execução de job para melhorar o desempenho de processamento e reduzir a carga de storage.
Fita
  • Desempenho aprimorado de enumeração de tarefas de arquivo em fita com número muito alto de arquivos.

Veeam Backup & Replication 9.5 Update 3: O que há de novo?

Gerenciamento integrado para Veeam Agent para Microsoft Windows e Veeam Agent para Linux

O Update 3 oferece redução na complexidade do gerenciamento da proteção de dados e melhor usabilidade, com o acréscimo de recursos de backup baseados em agente, diretamente no console do Veeam Backup & Replication. Isso permite que os usuários gerenciem tantos os backups baseados em hipervisor quanto os baseados em agente por meio de um único console, habilitando assim a proteção de carga de trabalho virtuais, físicas e de nuvem. Estão inclusos os seguintes recursos:

  • Painel único para Disponibilidade de cargas de trabalho virtuais, físicas e de nuvem. Mantenha o controle total da proteção de dados para TODAS as suas cargas de trabalho, nativamente, por meio do console do Veeam Backup & Replication. Gerencie com facilidade backups e recursos avançados de restauração, independente de onde a carga de trabalho protegida esteja localizada (ambiente virtual, físico ou na nuvem).
  • Implantação centralizada de agentes de backup. Garanta que nenhum computador Windows ou Linux fique desprotegido com a implantação centralizada de Veeam Agent para Microsoft Windows e Linux, com descoberta automatizada de hosts por meio de grupos de proteção dinâmicos baseados em contêineres do Active Directory ou arquivos CSV exportados do seu sistema CMDB existente.
  • Suporte ao cluster de failover do Windows Server. Proteja seus clusters de failover do Microsoft Windows Server de missão crítica, incluindo os clusters de failover de Grupos de Disponibilidade AlwaysOn do SQL Server com consistência de transações, além de aproveitar o avanço das tecnologias de recuperação granular da Veeam para recuperações de itens de aplicação e arquivos guest. 
Proteção contra os ataques internos para Veeam Cloud Connect

Garanta a capacidade de recuperar seus dados após um ataque cibernético, ao fazer seu provedor de serviços Veeam Cloud Connect proteger seus dados contra os ataques internos.

Agora os provedores de serviços que usam o Veeam Cloud Connect podem ativar a proteção dos backups de seus locatários contra exclusão acidental ou maliciosa, diretamente a partir do console do locatário. Tais exclusões geralmente são feitas por hackers que violam o perímetro de rede do locatário e obtêm credenciais de nível superior, atacando com força bruta (com a intenção de implantar ransomware nos servidores de produção), ou por um funcionário insatisfeito com privilégios de gerenciamento sobre o Veeam Backup & Replication. 

Identificação de localização de dados
Garanta a conformidade da soberania de dados exigida por várias normas, como a Regulamentação Geral de Proteção de Dados (GDPR), identificando objetos de infraestrutura de backup e de infraestrutura de produção e suas localizações. Os identificadores de localização são usados para evitar erros acidentais, ao configurar tarefas de backup e replicação ou realizar restaurações para um local diferente, emitindo um alerta quando uma ação puder causar uma violação de soberania de dados. Além disso, os novos relatórios do Veeam ONE, usam os dados de localização para ajudar a comprovar a conformidade.
Integração com IBM Spectrum Virtualize

Reduza o impacto sobre ambientes de produção e atinja objetivos de tempo e ponto de recuperação menores com a nova integração com storage snapshots para IBM Storwize, IBM SAN Volume Controller (SVC) e qualquer outro sistema de storage baseado no IBM Spectrum Virtualize, como o Lenovo Storage V Series ou o IBM/Cisco VersaStack. Essa nova integração oferece suporte aos seguintes recursos:

  • Backup a partir de storage snapshots: Reduza o impacto das atividades de backup sobre o ambiente VMware, ao recuperar dados de máquinas virtuais (VMs) diretamente a partir de storage snapshots em storage primário.
  • Veeam Explorer™ para Storage Snapshots: Recupere itens individuais ou VMs inteiras com rapidez e eficiência a partir de storage snapshots.
  • On-Demand Sandbox™ para Snapshots de Storage: Use storage snapshots para criar cópias completas e isoladas do seu ambiente de produção com apenas alguns cliques, para desenvolvimento rápido e fácil, testes e solução de problemas.
  • Orquestração de snapshot: Melhore os RPOs e reduza radicalmente a perda de dados em potencial, ao usar tarefas somente de snapshot para criar pontos de recuperação adicionais e mais frequentes na forma de snapshots de storage primário consistentes com aplicações ou consistentes com desastres — ou mantenha os storage snapshots criados por jobs de backup normais em uma agenda de retenção separada, como um backup adicional.
API de integração universal ao storage

Estenda a Disponibilidade e melhore objetivos de tempo e ponto de recuperação, graças às expansões out-of-band de integrações de storage primário com os principais provedores de storage, por meio de plug-ins vinculados a uma estrutura de API de integração ao storage universal, inclusa no Veeam Backup & Replication a partir deste Update.

Essa estrutura permite que parceiros de storage selecionados desenvolvam integrações de seus sistemas de storage primário com recursos avançados do Veeam Backup & Replication, que aproveitam storage snapshots (como detalhado na seção sobre o IBM Spectrum Virtualize, acima). Atualmente, o Update 3 oferece integrações com storage snapshot para VMware, por meio dos seguintes plug-ins de terceiros.

O Veeam Backup & Replication 9.5 Update 3 inclui centenas de outras melhorias e correções de bugs; as mais significativas estão listadas no documento de notas de lançamento KB2353.

Veeam Backup & Replication 9.5 Update 2: O que há de novo?

Integração com Cisco HyperFlex

Reduza os tempos de backup e recuperação e melhore o desempenho operacional geral com o backup a partir de storage snapshots, com a plataforma de infraestrutura hiperconvergente (HCI) Cisco HyperFlex. Os principais benefícios incluem:

  • Objetivos de ponto de recuperação melhorados. Os backups a partir de storage snapshots, permitem executar um backup a qualquer momento e com qualquer frequência, reduzindo o risco de perda de dados.
  • Redução do impacto sobre o ambiente de produção. Isso elimina a necessidade de criar snapshots de VM nativos e com isso o impacto associado de uma operação de remoção de snapshot. Isso reduz drasticamente o impacto sobre o desempenho de VMs de produção durante a janela de backup.
  • Backup com percepção de aplicações e sem agente, entre várias aplicações, como Microsoft Active Directory, Exchange, SharePoint, SQL Server e Oracle.
Veeam Backup Remote Access

O Veeam Backup Remote Access, capacita ainda mais os parceiros Veeam Cloud & Service Provider (VCSP) a prestar serviços gerenciados, permitindo que o pessoal de suporte de um VCSP, se conecte remotamente a um servidor de backup de um locatário, através do console do Veeam Backup & Replication e também com o cliente de desktop remoto, por meio do túnel do Cloud Connect existente, sem precisar antes estabelecer uma conexão VPN. Isso permite suporte, solução de problemas e gerenciamento remotos dos jobs de backup e replicação do locatário e do próprio servidor de backup.

Garanta um backup ininterrupto de suas cargas de trabalho físicas e de nuvem para um repositório Veeam, com suporte total às versões mais recentes do Veeam Agent para Microsoft Windows 2.0 e Veeam Agent para Linux 1.0 Update 1.

Suporte a Veeam Agents
Garanta um backup ininterrupto de suas cargas de trabalho físicas e de nuvem para um repositório Veeam, com suporte total às versões mais recentes do Veeam Agent para Microsoft Windows 2.0 e Veeam Agent para Linux 1.0 Update 1.
O Veeam Backup & Replication 9.5 Update 2 inclui mais de 300 outras melhorias e correções de bugs; as mais significativas estão listadas no documento de notas de lançamento KB2283.

Veeam Backup & Replication 9.5 Update 1: O que há de novo?

Suporte ao VMware vSphere 6.5

O Update 1 se concentra em oferecer suporte completo ao VMware vSphere 6.5, incluindo os seguintes recursos novos e importantes da plataforma:

  • Suporte a VMs criptografadas. O VMware vSphere 6.5 apresenta VMs com discos criptografados. É possível fazer o backup de VMs somente nos modos de transporte hot add e rede (NBD), com o modo hot add exigindo que o proxy de backup em si seja uma VM criptografada.
  • Suporte a VMFS6 e VVOLs 2.0. O VMware vSphere 6.5 apresenta as versões novas do VMFS e do VVOL (volumes virtuais), que contam com suporte total neste Update. Isso inclui suporte a recursos avançados como backup a partir de storage snapshots e o Veeam Explorer para Storage Snapshots para VMs com discos virtuais residentes em datastores VMFS 6.
  • Suporte ao hardware virtual versão 13. O VMware vSphere 6.5 apresenta uma nova versão de hardware de VM que aumenta alguns limites máximos de configuração e traz a capacidade de acrescentar controladores NVMe a uma VM. Esse Update acrescenta a capacidade de processar tais VMs.
Integração com Veeam Agents para Linux 

O Update 1 permite que os usuários aproveitem todas as vantagens dos repositórios de backup da Veeam como locais de destino adicionais para suas tarefas de backup do Veeam Agent para Linux. Ao usar um repositório de backup da Veeam como destino para seus jobs de backup, você pode utilizar os seguintes recursos adicionais:

  • Monitoramento centralizado. Realize gerenciamento e monitoramento básicos para todos os jobs de backup de agente, incluindo notificações por e-mail sobre o status do backup de agente.
  • Proteção em local externo. Faça backups externos de agente para storage em disco, fita ou provedor de serviços Veeam Cloud Connect com tarefas de cópia de backup e backup em fita.
  • Criptografia de backups. Agora os usuários têm a opção de criptografar backups de agente armazenados em repositórios de backup da Veeam. Todos os recursos padrão de criptografia da Veeam são suportados para backups de endpoints, incluindo a proteção contra perda de senha.
  • Exportação de disco. Exporte o conteúdo de discos físicos a partir do backup para arquivos de disco virtual VMDK/VHD/VHDX.
O Veeam Backup & Replication 9.5 Update 1 inclui mais de 300 outras melhorias e correções de bugs; as mais significativas estão listadas no documento de notas de lançamento KB2222.

Veeam Backup & Replication 9.5: O que há de novo?

Melhorias de escalabilidade corporativa

O crescimento exponencial dos dados e dos serviços de TI provisionados força os negócios e corporações de todos os tamanhos a repensarem sua estratégia de Disponibilidade. Por meio de inúmeras melhorias corporativas novas, o produto Veeam pode ser escalonado com eficiência e efetividade, independentemente do tamanho do ambiente ou do número de VMs.

As tecnologias de aceleração de backup dobram o desempenho de I/O e reduzem a janela de backup em até cinco vezes — tudo isso enquanto reduz a carga sobre o storage primário, o storage de backup e os vCenter Servers. Os recursos incluem:

  • Buscador de dados avançado. Melhora em até duas vezes o desempenho de backup para discos virtuais individuais em storage primário de nível corporativo, ao mesmo tempo em que reduz significativamente a carga sobre o storage primário, devido ao número reduzido de operações de I/O necessárias para concluir um backup, melhorando sua Disponibilidade para cargas de trabalho de produção. O buscador de dados avançado está disponível para a plataforma VMware e para os seguintes modos de processamento: Backup a partir de storage snapshots, appliance virtual (hot add) e Direct NFS.
  • Cache de infraestrutura do VMware vSphere. Mantém um espelho residente na RAM da hierarquia de infraestrutura do vSphere, para acelerar drasticamente o início das tarefas (operação de montagem de lista de VMs) e a responsividade da interface de usuário, ao navegar por uma infraestrutura virtual. Essa abordagem alivia a carga sobre um vCenter Server, deixando-o disponível para realizar suas tarefas centrais de gerenciamento de infraestrutura, e melhora a taxa de sucesso de backups nos ambientes em que as tarefas geralmente encerravam por falta de tempo ou falhavam devido a uma sobrecarga no vCenter Server. O cache é atualizado em tempo real por meio de uma assinatura dos eventos de alteração de infraestrutura do vCenter Server.
  • Consultas de infraestrutura do vSphere altamente otimizadas. Ajuda a garantir que as consultas à API do vSphere sejam concluídas mais rapidamente e minimiza a carga sobre o vCenter Server, quando for necessária a leitura completa da hierarquia de infraestrutura do vSphere. Por exemplo, isso é útil depois que um servidor de backup é reiniciado ou o serviço de broker Veeam (o serviço que hospeda o cache de infraestrutura do vSphere) é reiniciado.
Tecnologias de aceleração de restauração, incluindo lógica sob medida para disco não processado, storage com deduplicação e fita, melhoram muito o desempenho de restaurações de VM, independente do cenário de restauração, incluindo:
  • A Instant VM Recovery®, melhorou o desempenho em até três vezes dependendo do cenário, com a maior parte da melhoria observada ao recuperar várias VMs simultaneamente, a partir de cadeias de arquivos de backup por VM.
  • O processamento paralelo para restauração de VM completa, restaura vários discos paralelamente, de forma similar ao processo de backup. Essa técnica é usada automaticamente para todos os repositórios de backup baseados em disco, exceto para o storage com deduplicação Dell EMC Data Domain.
  • As restaurações aceleradas para Data Domain, usam lógica sob medida tanto no momento do backup, quanto da restauração para garantir desempenho máximo na restauração de VM completa. Parte dessa lógica apresenta mudanças na maneira como os backups são criados em storage Data Domain, portanto, a maior parte do aumento de desempenho acontece em backups recém-criados.
  • Restauração direta a partir da fita. Agora os usuários podem realizar uma restauração de VM completa diretamente a partir da fita, sem precisar preparar os arquivos de backup de VM em um repositório antes. Isso melhora o RTO e elimina a necessidade de encontrar um repositório com espaço livre em disco, suficiente para acomodar todos os arquivos de backup necessários para realizar a restauração. Fazer uma restauração por meio de um repositório de staging, permanece como opção para quando você precisar restaurar um grande número de VMs, a partir do mesmo arquivo de backup, caso em que uma restauração por meio de um repositório de staging pode melhorar os tempos de recuperação.
Melhorias de mecanismo. O Veeam Backup & Replication 9.5 também inclui uma grande variedade de melhorias adicionais, permitindo que os usuários possam escalonar para ambientes muito grandes e mantenham a eficiência ao processar jobs que contêm milhares de VMs ou milhões de arquivos.
  • Otimizações importantes no banco de dados de configuração permitem que as consultas sejam concluídas mais rapidamente e, ao mesmo tempo, reduzem a carga no servidor SQL de back-end, melhorando significativamente a responsividade da interface de usuário e o desempenho das tarefas. Note que, como parte dessas otimizações aproveitam recursos avançados, que estão disponíveis apenas no SQL Server 2008 ou posterior, não há mais suporte ao SQL Server 2005 como banco de dados de configuração.
  • O processamento acelerado de metadados melhora o desempenho de tarefas que contém VMs com grande número de aplicações suportadas instaladas e também quando as aplicações exigirem o armazenamento de grandes volumes de metadados como parte do backup (por exemplo, um servidor Microsoft SharePoint com milhares de sites).
  • Controles de interface de usuário especializados melhoram a responsividade e reduzem a carga sobre o banco de dados de configuração em grades com dezenas de milhares de objetos (por exemplo, quando um usuário clica no nó de backups da árvore de gerenciamento).
  • O desempenho de arquivo em fita melhorou em até 50 vezes no processamento de grandes quantidades de arquivos muito pequenos, tornando-o até 50% mais rápido que as principais soluções legadas de backup em fita para a mesma carga de trabalho. O novo mecanismo foi testado com 20 milhões de arquivos por tarefa, permitindo que os usuários protejam com eficiência dados não estruturados em destinos de fita ou VTL.
Integração avançada com o Sistema de Arquivos Resiliente (ReFS) para o Windows Server 2016. O novo sistema de arquivos ReFS 3.1 oferece melhor desempenho e eficiência de capacidade para conjuntos de dados em grande escala, ao mesmo tempo em que garante a resiliência dos dados de backup e a proteção das aplicações essenciais aos negócios por meio de:
  • Tecnologia de clonagem rápida que permite criar e transformar arquivos de backup completo e sintético até 20 vezes mais rápido, com janelas de backup
    menores e uma carga consideravelmente reduzida sobre o storage de backup. É possível melhorar ainda mais o desempenho de backup e restauração com camadas de storage automáticas, fornecidas por um repositório de backup baseado em Storage Spaces Direct com uma camada de SSD.
  • Consumo reduzido de storage de backup com tecnologia de backup completo sem ocupação de espaço impedindo a duplicação, resultando no consumo de espaço em disco não processado por um arquivo de backup grandfather-father-son (GFS), que rivaliza com appliances de storage com deduplicação. Além disso, ao contrário do storage com deduplicação, ao integrar a deduplicação e criptografia por software com recursos avançados de ReFS, essa economia de storage permanece mesmo para arquivos de backup criptografados.
  • Garantia da integridade de arquivo de backup e solução para a corrupção não detectada de dados (“bit rot” ou degradação de dados), ao monitorar e relatar de forma proativa a corrupção de dados com fluxos de integridade de dados ReFS, incluindo reparação automática e direta de blocos de dados corrompidos de arquivos de backup em linha, durante a restauração ou durante verificações periódicas do programa de limpeza de dados do ReFS, aproveitando conjuntos de mirror e de paridade do Storage Spaces.

A integração avançada com ReFS requer um repositório de backup baseado em Windows Server 2016, com o suporte de um volume local ou pasta compartilhada. É preciso criar um repositório de backup, após o upgrade para a versão 9.5, e os arquivos de backup devem ser criados no volume ReFS pelo job de backup, em vez de serem copiados de outro repositório.

Todas as melhorias de escalabilidade corporativas estão disponíveis nas três edições do produto, bem como no Veeam Backup Free Edition.

Integração TOTAL com as tecnologias de data center Microsoft 2016

A integração TOTAL da Veeam com as tecnologias de data center Microsoft 2016 moderniza as plataformas de nuvem privada e aplicações corporativas, por meio do suporte completo a:

  • Windows Server 2016, permitindo aos usuários instalar os componentes do Veeam Backup & Replication e proteger VMs guest, executadas no Windows Server 2016 com processamento com percepção de aplicações e indexação do sistema de arquivos guest, tudo isso sem exigir uma conexão direta de rede para as VMs Windows 10 ou Windows Server 2016 processadas, aproveitando os novos recursos do PowerShell Direct
  • Microsoft Hyper-V 2016 e Microsoft System Center Virtual Machine Manager 2016 (SCVMM), incluindo: 
    • Suporte à nova estrutura de backup do Hyper-V 2016, que não depende dos snapshots de volume de provedores de VSS, por software ou hardware coordenados com o processamento VSS do guest. Isso melhora drasticamente a taxa de sucesso de backups Hyper-V em ambientes grandes e ocupados. Note que tanto o modo de backup on-host quanto off-host, permanecem tendo suporte com a nova estrutura.
    • Suporte ao controle de alterações resiliente (RCT) do Hyper-V, que reduz a complexidade ao eliminar a necessidade de executar filtros de drivers adicionais na partição pai para o recurso de rastreamento de blocos alterados para backups, réplicas e restaurações. Ao contrário do rastreamento de blocos alterados proprietário da Veeam, o RCT também recebe suporte de storage SMB3 de terceiros.
    • Suporte para hosts Microsoft Hyper-V instalados em Nano Servers no modo de backup on-host, incluindo o suporte a Storage Spaces Direct, permitindo aos usuários implementar imediatamente a arquitetura Hyper-V 2016 recomendada pela Microsoft, reduzindo o tamanho do data center
  • Aplicações corporativas da Microsoft de 2016. Também está incluso o suporte às versões 2016 das aplicações corporativas da Microsoft, fornecendo processamento com percepção de aplicações para Microsoft Active Directory, Exchange, SharePoint e SQL Server, assim como recuperações no nível do item de aplicação através dos Veeam Explorers™ correspondentes a cada aplicação, garantindo recuperação em alta velocidade com RTOs rápidos, menores do que 15 minutos. 

Todos os recursos estão disponíveis para todas as edições do produto, incluindo o Veeam Backup Free Edition.

Veeam Restore para Microsoft Azure

O Veeam Restore para Microsoft Azure oferece restauração na nuvem para backups criados por QUALQUER produto Veeam, otimizando a alocação de recursos para fornecer escalabilidade melhorada e aumento de eficiência de TI, ao mesmo tempo em que minimiza os custos operacionais e limita os gastos de capital. Isso possibilita que os usuários restaurem ou migrem cargas de trabalho locais para o Azure, por meio de um processo de conversão P2V ou V2V automatizado. O usuário pode:

  • Restaurar rapidamente VMs, servidores físicos ou endpoints, baseados em Windows e Linux para o Azure, a fim de minimizar a interrupção dos negócios.
  • Executar migrações planejadas de cargas de trabalho do local para a nuvem, a fim de reduzir a restrição de recursos no local.
  • Criar facilmente um ambiente baseado em Azure para desenvolvimento e testes. Por exemplo, os usuários podem testar patches e atualizações para reduzir os riscos associados à implantação de versões novas de aplicações.

Em comparação à prévia de tecnologia do Veeam Restore para Microsoft Azure, lançada em março de 2016, foram adicionados os seguintes recursos novos:

  • Restauração direta a partir de uma interface, sem precisar implantar um appliance Azure, copiar arquivos de backup para ela ou gerenciar o processo em uma interface separada. Agora os usuários podem simplesmente clicar com o botão direito em qualquer backup e restaurá-lo diretamente para o Azure.
  • Restauração de backups de computadores Linux criados pelo Veeam Backup & Replication e Veeam Agent para Linux, incluindo conversões automáticas de UEFI para BIOS.
  • Restauração de discos em paralelo para uma restauração mais rápida de computadores com vários discos.
  • O proxy Azure acelera as restaurações em até 10 vezes, ao otimizar as transferências de dados para o data center Azure. Com o aproveitamento da tecnologia Veeam Cloud Connect, as transferências de dados são realizadas por uma porta única, usando uma conexão TLS criptografada, simplificando as configurações de firewall e eliminando a necessidade de conexões VPN para o Azure. A VM de proxy Azure requer apenas alguns cliques para ser implantada diretamente a partir da interface Veeam e pode ser desligada automaticamente, após períodos específicos de inatividade, para reduzir os custos de consumo do Azure. O uso do proxy Azure é opcional.
  • A integração maior com o Azure inclui a instalação automática do Azure Virtual Machine Agent em VMs Windows, a ativação de regras de firewall do Windows para Área de Trabalho Remota e suporte ao novo modelo de implantação do Gerenciador de Recursos do Azure.
O Veeam Restore para Microsoft Azure está disponível para todas as edições do produto, incluindo o Veeam Backup Free Edition.
Recuperação instantânea a partir de QUALQUER backup

A Veeam inventou a recuperação instantânea da VM. Agora apresentamos a recuperação instantânea para computadores físicos! O Veeam Backup & Replication 9.5 permite que os usuários realizem a recuperação instantânea de endpoints e servidores físicos para uma VM Hyper-V. Isso oferece a habilidade de:

  • Reativar imediatamente um servidor físico em falha a partir de um backup, dando tempo para realizar solução de problemas e/ou adquirir peças de substituição.
  • Executar laptops perdidos diretamente a partir do último backup, até que se adquira um substituto, oferecendo acesso aos usuários por meio de uma conexão RDP, a partir de qualquer cliente de pequeno porte com suporte a RDP (ex.: um smartphone ou tablet).
  • Em conjunto com o Veeam Cloud Connect, corporações e provedores de serviços podem gerenciar uma recuperação de desastres (DR) completa de escritórios remotos e locais de locatários, ao ativar backups entregues ao data center principal pelo Veeam Cloud Connect, como VMs Hyper-V.

A recuperação instantânea é suportada a partir de backups criados pelo Veeam Endpoint Backup™ FREE 1.5, mas funciona melhor com o Veeam Agent para Microsoft Windows 2.0 ou posterior, devido às informações adicionais coletadas sobre o computador durante o backup.

A recuperação instantânea está disponível para todas as edições do produto, incluindo o Veeam Backup Free Edition. Note que esse recurso requer o Microsoft Hyper-V. Se você não tiver uma infraestrutura Hyper-V, pode simplesmente ativar a função Hyper-V no próprio servidor de backup.

Integração com Nimble Storage Snapshot

Ampliando as integrações existentes com Hewlett Packard Enterprise (HPE), NetApp e Dell EMC, a Veeam estende seu suporte a storage snapshot direto aos usuários de Nimble Storage, a fim de ajudar a reduzir o impacto sobre ambientes de produção e atingir objetivos de tempo e ponto de recuperação (RTPO™) menores com:

  • Backup a partir de storage snapshots. Reduza o impacto adicional das atividades de backup no seu storage de produção, ao recuperar dados de VMs a partir de storage snapshots em storage primário e cópias replicadas em storage secundário.
  • Veeam Explorer para Storage Snapshots. Recupere itens de aplicação individuais, arquivos guest ou VMs inteiras de forma rápida e eficiente, a partir de storage snapshots em storage primário e suas cópias replicadas em sistemas de storage secundário, tenham elas sido criadas por uma tarefa da Veeam ou pelo agendamento nativo de snapshots.
  • On-Demand Sandbox™ para Snapshots de Storage. Utilize storage snapshots em sistemas de storage primário e secundário para criar cópias completas e isoladas de ambientes de produção, com apenas poucos cliques para fins de desenvolvimento, testes e solução de problemas.

A integração com o Nimble Storage Snapshot requer a edição Enterprise Plus, com a exceção do Veeam Explorer para Storage Snapshots, disponível em todas as edições do produto, incluindo o Veeam Backup Free Edition.

Suporte aprimorado para o VMware vCloud Director para provedores de serviços

Manter a eficiência e a agilidade de TI requer novas abordagens para conservar os modelos de infraestrutura como serviço (IaaS) em operação constante. Simplifique o gerenciamento, aumente a eficiência e melhore a confidencialidade, dando mais poder aos locatários vCloud Director, com um portal de backup e restauração por autosserviço baseado no Veeam Backup Enterprise Manager, incluindo:

  • Autenticação vCloud nativa e escopo de acesso integrado permitem que os locatários continuem usando suas credenciais de vCloud Director existentes para o portal de autosserviço, e os restringe a fazer backup e restaurar somente as VMs pertencentes a suas respectivas organizações. Isso melhora a experiência para o locatário e reduz custos para o provedor de serviços, pois qualquer alteração nos locatários (como desativar um locatário, alterar senhas ou acrescentar vApps ou VMs novas) se reflete imediatamente no portal. 
  • O backup de autosserviço permite que os locatários mantenham um melhor controle sobre seus backups ao gerenciar tarefas existentes e criar novas. A configuração de tarefas é simplificada para que os locatários só precisem selecionar as VMs das quais precisam fazer backup, além de selecionar parâmetros essenciais, como credenciais de guest, retenção e notificações. O acesso dos locatários às configurações avançadas, como a seleção de repositórios ou do modo de backup, que são gerenciadas pelos provedores de serviços por meio de modelos de tarefa, é bloqueado.
  • A restauração por autosserviço permite que os locatários realizem uma grande variedade das opções de restauração para VMs que o Veeam Backup Enterprise Manager oferece atualmente, incluindo itens de aplicação, arquivos guest e VMs e vApps completas. Agora essas restaurações podem ser realizadas em poucos cliques pelos próprios locatários, melhorando os RTOs e reduzindo os custos para os provedores de serviços.

O acesso ao portal de backup e restauração por autosserviço requer a edição Enterprise Plus.

Melhorias adicionais

Mecanismo

Processamento paralelo de backups por VM. Agora as operações de verificação de integridade e de compactação, processarão cada cadeia de arquivos de backup em paralelo, quando as cadeias de arquivos de backup por VM forem usadas.

Afinidade de proxy. A nova configuração de repositório de backup permite que os usuários especifiquem os proxies de backup, que têm permissão para realizar backups e restaurações, com o repositório especificado. Esse recurso é útil em vários cenários, incluindo a manutenção do tráfego de backup no ambiente local para vários appliances de backup Veeam tudo em um. Esse recurso só está disponível nas edições Enterprise e Enterprise Plus.

Verificação de retenção após falha no job de backup. Agora as tarefas vão aplicar uma política de retenção, mesmo que o próprio backup falhe. Isso permitirá que clientes com um repositório de backup sobrecarregado, reduzam a retenção nas configurações da tarefa e apliquem a nova configuração para poder criar backups novos. No entanto, note que as tarefas de backup incremental infinito, não são capazes de simplesmente excluir os backups mais antigos, devido a um requisito de mesclar arquivos de backup completo.

Melhoria na retenção GFS. Para reduzir os requisitos de espaço em disco no repositório de arquivo, agora o backup completo GFS mais antigo será removido antes da selagem de um arquivo de backup completo GFS novo e da criação de um arquivo completo sintético novo.

Melhorias de desempenho nas tarefas de cópia de backup. Agora as tarefas de cópia de backup podem ser iniciadas mais rapidamente e não gerarão carga adicional sobre infraestruturas virtuais, ao obterem as informações necessárias sobre as VMs processadas a partir do banco de dados de configuração, em vez da infraestrutura.

Redes preferenciais para Linux. Agora as configurações de rede preferencial também se aplicam a servidores gerenciados Linux.

Controle de velocidade de rede para migração rápida. Agora as operações de migração rápida vão aderir às regras de controle de velocidade de consumo de rede.

Retenção de dados de auditoria de restauração. Agora os eventos de auditoria de operações de restauração vão aderir às regras globais de retenção de eventos, para evitar a sobrecarga do banco de dados de configuração. 

Componentes terceirizados atualizados. Alguns componentes terceirizados do mecanismo foram atualizados para aprimorar a estabilidade e segurança, em particular o OpenSSL, para resolver suas vulnerabilidades mais recentes.

vSphere

Prioridade de Direct NFS sobre hot add. Para evitar problemas indesejados de desativação de VM no hot add de discos virtuais em um compartilhamento NFS, agora, o balanceamento de carga inteligente não vai aproveitar proxies de appliance virtual (hot add), enquanto houver pelo menos um proxy com capacidade de Direct NFS disponível.

Conhecimento da localização de proxy Direct NFS. Agora o balanceamento de carga inteligente seleciona automaticamente os melhores proxies Direct NFS, com base no número de hops até o datastore, oferecendo uma seleção otimizada de proxies em ambientes distribuídos.

Seleção de tipo de disco thick. Agora os usuários podem escolher o tipo de disco thick (zerados dinamicamente ou imediatamente) ao realizar uma restauração de VM completa ou configurar uma tarefa de replicação. Optar por preservar o tipo do disco de origem, também vai distinguir e preservar o tipo de disco thick correto.

Balanceamento de contagem de VM réplica. Ao replicar para um cluster, cada VM réplica é criada no host com menos VMs registradas, no momento da criação.

Aumento no limite de conexões NBD. O limite legado para a quantidade máxima de discos virtuais processados por transporte NBD foi aumentado de 7 para 28 em hosts ESXi 5.0 ou posteriores, com base em suas diferenças de arquitetura no manuseio de conexões NFC.

Hyper-V
Melhorias de desempenho. Agora as tarefas que processam versões legadas de host Hyper-V (2012 R2 ou anteriores) devem ser iniciadas até duas vezes mais rápido, graças à aceleração nas operações de montagem de listas de VMs, enumeração CSV e recuperação de propriedade de VM.
Remapeamento de VLAN. Adicionamos a habilidade de mapear VLANs em redes virtuais que mapeiam as regras do assistente de tarefa de replicação.
Integrações de storage primário
Seleção de protocolo. Para storage primário com suporte a vários protocolos (FC/iSCSI/NFS), agora, os usuários podem selecionar os protocolos usados pela Veeam para impedir que jobs de backup tentem se conectar ao storage usando interfaces não desejadas.
Seleção de proxy. Agora os usuários podem escolher os proxies de backup específicos a serem usados para redescoberta de storage e operações de backup a partir de storage snapshots.
Dell EMC Data Domain
Suporte ao DD OS 5.7. O SDK DDBoost foi atualizado para a versão 3.1, acrescentando o suporte ao DD OS 5.7.
HPE 3PAR StoreServ
Virtual Domains. Adicionamos suporte ao recurso 3PAR Virtual Domains
Marcação de VLAN. Adicionamos suporte ao recurso de marcação de VLAN iSCSI do 3PAR.
HPE StoreOnce

Limites aumentados. O número máximo de incrementos suportados em uma cadeia de backup, depende do modelo StoreOnce utilizado para o repositório de backup, em vez de ser limitado a sete para todos os modelos StoreOnce.

Controle de tráfego. A capacidade de controlar as configurações de soma de verificação e de compactação do tráfego Catalyst no assistente StoreOnce, foi adicionada para possibilitar que esses ajustes sejam otimizados para a rede usada para backup e cópia. 

Controle de modo de largura de banda. O modo de largura de banda do Catalyst é baseado principalmente na configuração de armazenagem do Catalyst, em vez do ajuste ser forçado para largura de banda alta.

Melhorias de Catalyst por FC. Aumentamos a confiabilidade do estabelecimento de uma conexão Catalyst por FC ao StoreOnce, nos casos em que todas as conexões FC disponíveis estejam ocupadas.

Atualização do Catalyst. O software StoreOnce Catalyst integrado com o 9.5 foi atualizado para a versão 3.14 mais recente e conta com várias otimizações de desempenho.

NetApp

Suporte ao Data ONTAP 9.0. Adicionamos o suporte ao NetApp Data ONTAP versão 9.0.

Suporte a LIF de dados. O backup a partir de storage snapshots, agora, buscará a LIF (interface lógica) de dados de disco virtual que pertence ao nó de cluster NetApp, que hospeda os discos virtuais processados, em vez de selecionar a LIF mais rápida. Isso removerá a carga desnecessária no nó com a LIF mais rápida, além da rede de cluster.

Suporte ao SVM Root Volume Protection. Adicionamos o suporte ao recurso SVM Root Volume Protection do Clustered Data ONTAP 8.3.
Scale-out Backup Repository™
Expansão temporária. Os usuários da edição Enterprise, agora, podem acrescentar uma quarta extensão, mesmo que não seja possível manter mais do que três extensões online ao mesmo tempo, com a quarta permanecendo em modo de manutenção. Isso vai ajudar nos upgrades de capacidade do repositório de backup com aumento de escala, ao anexar uma unidade de storage maior e em seguida retirando os backups da unidade menor.
Processamento com percepção de aplicações

Suporte a Oracle em SUSE. Adicionamos o suporte ao processamento com percepção de aplicações e backup de "redo" logs para servidores Oracle instalados em SUSE Linux Enterprise Server (SLES) versões 11 e 12.

Suporte ao Oracle Data Guard. Adicionamos o suporte ao processamento com percepção de aplicações e backup de "redo" logs para servidores Oracle usando Data Guard.

Suporte ao Veeam Backup para Microsoft Office 365. Adicionamos suporte ao processamento com percepção de aplicações de servidores Veeam Backup para Microsoft Office 365.
Recuperação no nível do arquivo

Suporte ao OES 2015. Adicionamos o suporte à recuperação no nível do arquivo a partir de volumes NSS de 64 bits e habilitados para AD no Open Enterprise Server 2015.

Cópia para credenciais. Agora uma tentativa de recuperação de arquivos para uma pasta compartilhada que exija credenciais pedirá aos usuários credenciais com a recuperação no nível do arquivo para múltiplos SOs.

Desempenho da recuperação no nível do arquivo. Aumentamos o desempenho da recuperação no nível do arquivo em até três vezes, dependendo do cenário.
SureBackup
Funções de controlador de domínio. Adicionamos as funções de controlador de domínio do Active Directory que instruem tarefas do SureBackup® a executar a restauração do controlador de domínio autoritativo ou não autoritativo, respectivamente.
Veeam Backup para Office 365. Adicionamos a função dedicada para os servidores Veeam Backup para Microsoft Office 365.
Veeam Explorers

Carregamento dinâmico de banco de dados. Agora todos os Veeam Explorers vão montar os arquivos de banco de dados que serão restaurados conforme for necessário, em vez de montar automaticamente todos os bancos de dados conhecidos na inicialização.

Otimização de fluxo de tráfego. O tráfego de restauração não é mais direcionado através do console; ele vai diretamente do servidor de montagem do repositório para o servidor de destino.

Interface de usuário melhorada. Agora todos os Veeam Explorers contam com faixas de opções sensíveis ao conteúdo.
Veeam Explorer para Microsoft Active Directory
Suporte aos serviços de diretório do Windows Server 2016. Adicionamos suporte à recuperação em nível de objeto do Active Directory, a partir de florestas sendo executadas no nível funcional 2016 (incluindo a restauração de senha de usuário e de conta de computador).
Links em expiração. Suporte exclusivo à restauração de links em expiração, um recurso novo dos serviços de diretório do Windows Server 2016, incluindo a exportação para arquivo LDF, recurso não disponível no utilitário LDIFDE nativo.
Veeam Explorer para Microsoft Exchange  
Restauração a partir da pasta Purges. Adicionamos o suporte à restauração de itens da pasta Purges usada pelo Exchange, quando a retenção de litígio ou recursos de recuperação de item único estão ativados. O Veeam Explorer vai apresentar esses itens respectivamente nas pastas Itens de retenção de litígio e Itens de bloqueio in loco, da árvore de pastas da caixa de correio.
Suporte ao Veeam Backup para Microsoft Office 365. Adicionamos o suporte à restauração a partir de bancos de dados de arquivo (arquivos .ADB) criados pelo Veeam Backup para Microsoft Office 365, tanto a partir de arquivos locais quanto se conectando diretamente a um servidor de arquivo.
Veeam Explorer para Microsoft SharePoint
Suporte ao SharePoint 2016. Adicionamos suporte à recuperação no nível do item, para bancos de dados de conteúdo do Microsoft SharePoint 2016.
Relatório de restauração de site. Adicionamos um relatório detalhado de restauração de site, detalhando o status de restauração para cada objeto do site.
Veeam Explorer para Microsoft SQL Server

Suporte ao SQL Server 2016. Adicionamos suporte à recuperação nos níveis de banco de dados, tabela e objeto SQL, a partir do Microsoft SQL Server 2016. 

Suporte a tipos de tabela adicionais. Adicionamos suporte à restauração de objetos SQL a partir dos seguintes tipos de tabela: Tabela temporal de controle da versão do sistema, tabela com otimização de memória (OLTP em memória) e tabela de arquivos.

Melhorias de desempenho de restauração. Melhoramos o desempenho de restauração do banco de dados em até três vezes em todos os cenários de implantação do SQL Server, incluindo repositórios de blob.
Veeam Explorer para Oracle
Restauração de parâmetros dinâmicos. Adicionamos o suporte à restauração de parâmetros dinâmicos de banco de dados
Melhorias de desempenho de restauração. Melhoramos levemente os tempos de restauração de banco de dados, ao acelerar operações específicas de gerenciamento de banco de dados.
Veeam Backup Enterprise Manager  

Melhorias de escalabilidade. O mecanismo do Enterprise Manager foi fortemente otimizado para ambientes muito grandes e testado com bancos de dados contendo um milhão de pontos de restauração. Além disso, o desempenho da geração de relatórios, a responsividade da interface Web e os tempos de registro de servidores de backup novos foram melhorados significativamente para ambientes grandes.

Restauração de banco de dados Oracle. O recurso de recuperação no nível dos itens de aplicação por autosserviço foi ampliado com restaurações de bancos de dados Oracle, por administradores de banco de dados delegados.

Melhorias na restauração de itens de caixa de correio do Exchange. Adicionamos a descoberta automática de servidor CAS e aprimoramos a lógica de manuseio de certificados.

Recursos melhorados de autosserviço. Com o acréscimo de um portal de backup e restauração por autosserviço para o vCloud Director, a interface de usuário da Web, do Enterprise Manager, foi aprimorada com recursos novos para realizar operações de backup rápido na guia de VMs, além da exclusão de jobs de backup, arquivos de backup e conteúdo de VMs individuais a partir de arquivos de backup de várias VMs.

FLR de 1 clique para backups de agente. Agora há suporte à pesquisa em catálogos de sistemas de arquivos guest e à recuperação no nível do arquivo em 1 clique para backups criados pelo Veeam Agent para Microsoft Windows 2.0 e pelo Veeam Agent para Linux 1.0.

Pesquisa em catálogos simultânea. Agora é possível que vários usuários da interface Web, realizem pesquisas em catálogos de sistemas de arquivos guest de forma simultânea, sem passar por eventos de tempo esgotado com frequência.

Veeam Cloud Connect (locatário)

Processamento paralelo. Agora os locatários podem fazer o backup ou replicar várias VMs e discos em paralelo, com base no limite de tarefas simultâneas definido pelo provedor de serviços, melhorando assim o desempenho de tarefas em links rápidos. Note que o processamento paralelo se aplica somente ao modo de transporte direto, pois os aceleradores de WAN integrados ainda vão processar os discos sequencialmente, independentemente dessa configuração.

Replicação a partir de um backup em um repositório de nuvem. Agora os locatários podem replicar a partir de um backup residente em um repositório de nuvem, possibilitando uma nova opção de DR, sem gerar tráfego adicional nem afetar as VMs de produção.

Melhorias de segurança. Agora o serviço Veeam Cloud Connect tentará usar os algoritmos de autenticação TLS 1.2 e TLS 1.1 mais seguros, ao estabelecer conexão com o provedor de serviços. Além disso, o failover para o SSL 3.0 foi explicitamente desativado para todos os componentes do Veeam Cloud Connect.

Backup de configuração para repositório de nuvem. Adicionamos o suporte a backups de configuração para um repositório de nuvem, exceto para aqueles apoiados por um repositório com aumento de escala.

Veeam Cloud Connect (provedor de serviços)

Suporte a cadeias de arquivos de backup por VM. Agora os repositórios de nuvem podem ter o apoio de repositórios de backup com a configuração de cadeias de arquivos de backup por VM ativada para melhorar a escalabilidade e possibilitar um suporte melhor para appliances de storage com deduplicação.

Suporte a repositório de backup com aumento de escala. Agora os repositórios de nuvem podem ter o apoio de repositórios de backup com aumento de escala para simplificar o gerenciamento do storage de backup e economizar custos para os provedores de serviços. A Veeam fornecerá o processo suportado para migrar backups de locatários já existentes, de repositórios simples para os de backup escaláveis. Para mais informações, consulte o fórum do Veeam Cloud & Service Provider.

Suporte à integração avançada com ReFS. Os repositórios de nuvem apoiados por repositórios de backup que atendam aos requisitos para a integração avançada com ReFS, terão suporte total ao recurso correspondente.

Logs de diagnóstico aprimorados. Fizemos várias melhorias em áreas específicas dos logs de tarefas de locatários sempre que possível, sem expor as informações confidenciais dos locatários.

Fita

Limpeza automática de unidade de fita. Sim, finalmente! Agora o servidor de backup vai monitorar os eventos de status da unidade de fita e realizar automaticamente uma limpeza conforme necessário, desde que o cartucho de limpeza esteja disponível na biblioteca de fitas.

Prioridade de tarefas de fita. Ouvimos o que vocês pediram e adicionamos uma opção para atrasar o início de tarefas primárias, enquanto tarefas de fita estiverem processando alguns dos arquivos de backup necessários, em vez de eliminar as tarefas de fita imediatamente.

Melhorias nas notificações de espera por fita. Agora o relatório por e-mail e a mensagem de log de ação de tarefa contêm informações sobre o dispositivo de fita e o pool de mídia que estiver sem mídia livre.

Retenção ajustável de conjunto de mídias GFS. De forma similar aos pools de mídia simples, agora é possível alterar a retenção para mídias de fita gravadas anteriormente dentro de qualquer conjunto de mídias GFS.

Retenção ajustável de conjunto de mídias GFS. De forma similar aos pools de mídia simples, agora é possível alterar a retenção para mídias de fita gravadas anteriormente, dentro de qualquer conjunto de mídias GFS.

Melhorias no assistente de tarefa de fita. Agora você pode selecionar vários arquivos de uma só vez para adicionar a uma tarefa de arquivo em fita, ver informações adicionais sobre o pool de mídia selecionado no assistente de tarefa de fita e especificar o tempo de espera para o job de backup vinculado em horas (além de minutos).

Permissões do operador de backup. Agora a função de usuário de operadores de backup, da Veeam, tem permissão para realizar operações essenciais do gerenciamento da infraestrutura de fita, tais como inventário, ejetar, reexaminar etc.

Outras otimizações. As otimizações adicionais incluem várias melhorias subjacentes, incluindo a estabilidade e o desempenho do arquivamento GFS, processamento paralelo, criptografia de fita, recuperação no nível do arquivo e operações de catálogo.

Interface de usuário

Novas opções de retenção do VeeamZIP™. O VeeamZIP conta com opções adicionais de retenção de backup para três meses, seis meses ou um ano, além das existentes para os clientes que usam o VeeamZIP como ferramenta de arquivamento de VM.

Limite de espaço livre para datastores de produção. Agora você pode definir a porcentagem de espaço livre em disco no datastore de produção, indicando quando as tarefas devem emitir um alerta ou falhar completamente em vez de criar um snapshot de VM para impedir a sobrecarga do datastore com dados de snapshot. Isso se acrescenta ao valor de registro BlockSnapshotThreshold existente (o padrão é de 2 GB), que continua servindo como última linha de defesa quando o recurso acima estiver desativado, como é o caso para usuários realizando upgrade. Você pode encontrar as novas configurações em Options (Opções) > Notifications (Notificações).

Seleção de proxy. Agora você pode especificar o proxy e o tipo de disco a serem usados ao exportar um volume de backup como disco virtual.

Alerta de horário restrito. Agora vamos exibir um alerta se um usuário tentar iniciar uma tarefa em um horário restrito. Isso é definido na configuração de janela de backup da tarefa.

Temas de cor. Para quem acha o verde Veeam ácido demais, passamos a oferecer três temas com cores neutras. O tema de cor é uma configuração para cada usuário e vinculada a um servidor de backup específico, permitindo que os usuários classifiquem os servidores por cores para distingui-los mais facilmente ao usar o Alt-Tab.

PowerShell  
Suporte a políticas de execução mais lenientes. O requisito de política de execução da extensão PowerShell da Veeam foi reduzido de RemoteSigned para Bypass.
Melhorias em andamento com novos cmdlets adicionados para cobrir todos os novos recursos da versão 9.5, além de várias melhorias aos cmdlets existentes com base nos comentários dos usuários.
Melhorias para provedores de serviços

Melhorias no backup e restauração de configuração. Atendendo a muitos pedidos, agora, o relatório por e-mail de backup de configuração inclui o nome do servidor de backup. Além disso, a migração do banco de dados de configuração do servidor Veeam Cloud Connect é totalmente suportada, por meio de uma restauração de configuração no modo de migração.

Melhorias na API RESTful. Adicionamos suporte ao gerenciamento de tarefas de cópia de backup e arquivos de backup, expandimos as APIs existentes para recuperação no nível do arquivo e agendamento de tarefas, mediante comentários que recebemos, além de implementarmos muitas melhorias menores.

VMs de teste. Com as licenças de aluguel por VM, agora o produto vai registrar VMs recém-acrescentadas separadamente com o propósito de geração de relatórios de uso integrado. Tais VMs não serão incluídas nos relatórios de uso, até o mês seguinte.